FOZ DO IGUAÇU ELEITA SEDE DO MUNDIAL ESCOLAR DE VOLEIBOL EM 2020

16/10/2017
FOZ DO IGUAÇU ELEITA SEDE DO MUNDIAL ESCOLAR DE VOLEIBOL EM 2020

O Paraná, da mais um grande passo, como grande organizador de eventos esportivos.


SARDENHA - A cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, receberá o Campeonato Mundial Escolar de Voleibol em 2020. O Brasil venceu há pouco a concorrência com a Croácia entre os membros do Comitê Executivo da ISF (Federação Internacional do Desporto Escolar), na eleição realizada na cidade de Ólbia, na Itália. Será a primeira vez que o continente americano receberá este evento que é tido como o segundo maior da ISF, perdendo apenas para a Gymnasiade que em 2013 foi realizada no Brasil.

A escolha foi acirrada. A candidatura brasileira venceu a da Croácia que participou da reunião com uma delegação grande, mas o prestígio internacional do Desporto Escolar Brasileiro falou mais alto e esse fator acabou sendo decisivo para a escolha verde e amarela.

Mesmo sendo uma modalidade muito popular no esporte nacional, o Brasil ainda não conseguiu conquistar o título Mundial no voleibol, situação que pode ser superada em 2020, já que o evento será realizado em casa e com isso contará com o apoio da torcida verde e amarela que lotará os ginásios em Foz do Iguaçu.

Para sediar o Mundial Escolar de Voleibol, o Brasil defendeu a tese de que deveria ser escolhido não só pelo ineditismo do local, mas também por contar com o apoio do poder público para realizá-lo. Isso tudo aliado a beleza da cidade de Foz do Iguaçu eleita como uma das sete maravilhas da natureza, foram fatores preponderantes para que o resultado fosse o esperado.

A delegação do Brasil na reunião do Comitê Executivo da ISF conta com a participação do Presidente licenciado da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (cbde), Antônio Hora Filho, que entusiasmado com a boa notícia, destacou a importância de sediar um evento desse porte em solo tupiniquim.

- Estamos felizes com a escolha do Brasil para sediar o Mundial Escolar de Voleibol, sobretudo em razão deste evento, depois da Gymnasiade, ser o maior da ISF. Vencer a Croácia não foi fácil, ainda por ser um país tradicional em organizar competições de grande porte. Mas estamos preparados e convictos de que o evento será um sucesso em todos os seus aspectos. Aproveito para agradecer todos os membros do Comitê Executivo da ISF por nos oportunizarem esse momento histórico que merece ser comemorado. Destacou.

Além de Hora Filho, Jean Pierre Dummar (Secretário-Geral) e de Luiz Delphino (Diretor de Relações Internacionais), o Presidente em exercício da CBDE, Robson Aguiar, também participa do evento. Emocionado com a escolha do Brasil, Aguiar, que também é vice-presidente da ISF, disse que embora o Mundial seja em 2020, o trabalho começa agora.

- Fizemos uma apresentação impecável que foi um dos quesitos decisivos para a consolidação da candidatura do Brasil. Vencemos e estamos felizes, sobretudo em razão de nunca antes termos tido um Mundial Escolar de Voleibol na América do Sul. Mas embora o Mundial seja em 2020, o planejamento começa agora. Vamos trabalhar duro. Contou.

O apoio da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu foi determinante para que o Brasil consolidasse a sua candidatura. Semanas antes do anúncio feito hoje, na Itália, Chico Brasileiro (PSD-PR), Prefeito da Cidade, manifestou publicamente apoio à candidatura brasileira, destacando a oportunidade única de sediar um evento deste porte realizado pela primeira vez na América. “Vamos juntos com a CBDE trabalhar para que o Brasil consiga essa valorosa honraria. A nossa cidade receberá o mundo de braços abertos. Destacou, à época, Brasileiro.

Outra peça importante para a a escolha da cidade de Foz do Iguaçu como sede, é o trabalho que vem sendo realizado pela FDEPR. Clésio Prado, presidente da mesma, comentou sobre o orgulho de sediar tal competição. "Ter a oportunidade de sediar um campeonato internacional deste porte, é um orgulho para o estado do Paraná, isso é recompensa do trabalho que vem sendo realizado em prol do desenvolvimento do desporto escolar e das parcerias públicas e privadas, todos começam a colher frutos destas possibildiades."

Depois do anúncio da vitória brasileira na Itália, as autoridades assinaram o documento oficial que homologa o Brasil como país sede do Mundial Escolar de Voleibol em 2020.


Departamento de Comunicação da CBDE
Coordenador: Pedro Paulo de Jesus
E-mail: imprensa.jesus@cbde.org.br
+ 55: 061 99136-0090 / + 55: 061 3967-7176
Endereço sede: SCN Quadra 01 - Ed. Central Park, Sala 108
Brasília/DF - CEP 70711-903

Outras notícias